Arquivo para 16 de novembro de 2009

Vestibular . . .

Ontem, o dia mais temido e esperado para um adolescente que sonha com sua tão sonhada liberdade e sonho profissional, mas quem ainda não entendeu ou percebeu sobre que dia eu estou falando eu vou explicar, TAM NAM NAM que rufem os tambores, eu estou falando do Vestibular, que no meu caso e de outros mais, relativamente, poucos sofrem quando está no primeiro ano, isso mesmo o que você leu no PRIMEIRO ANO, vou ser bastante sincera eu imaginava que ia ser um terror na Terra chegar o dia da avaliação, acordar cedo e para um colégio que fica lá na casa de Creusa, depois ficar junto a um amontoado de adolescente para entrar nesse tal colégio para poder entrar e descobrir em que sala vai ficar e receber aquele bloquinho que não pode ser violado sem que o sinal toque, estranho esse ritual né? Mas para mim foi tão natural deu aquele típico e habitual frio na barriga mais consegui ter uma boa resolução de prova, claro, que teve aqueles básicos e rotineiros chutes que rolam em qualquer tipo de prova até na de artes OKASOK q

Eu adoraria relatar de forma bem clara e expressa como foi toda essa experiência pela qual passei, mas tenho a sensação que ela única para cada qual, para ser bem verdadeira eu acho que meu pai estava mais estressado e preocupado do que minha própria pessoa com esse fato novo que aconteceu. Eu não poderia relatar de melhor forma os tipos de situações que presenciei em uma única sala e que por ironia da situação só tinha garotas e umas três com os dois primeiros nomes iguais ao meu ¬¬’  Bem outra coisa que preciso confidenciar a vocês são os tipos estranhos de adolescentes que têm, como:

Ligados a Fé:

Não tenho nada contra a você rezar e pedir para não se esquecer do assunto que estudou, mas ir com um terço imenso de perola no pescoço não é um pouquinho demais não? Eu juro que quando vi o garoto que passou pela portar da sala em que estava eu engoli o riso.

Não tenho comida em casa:

Vamos ser conscientes quando vai fazer uma prova do vestibular deve-se levar uma garrafa de água mineral, uma ou duas barrinhas de cereal ou chocolate, mas deve se tomar cuidado com os efeitos posteriores do chocolate principalmente se ficar em um local muito quente, o fato que transcorreu foi com uma garota que estava atrás de mim ela levou uma bolsa imensa e cheia de comida, com salgadinhos, chocolates e água o problema foi a zuada irritante que as embalagens faziam enquanto ela comia, por favor, comam em casa e foco dali é a prova não há comida.

PATY’s

Eu não entendo o que elas vão fazer lá não sabem de nada supostamente irão chutar o gabarito todo e ainda gastarão o dindin do pai rico à toa – Ah, me esqueci isso é que elas sempre fazem- elas não terão uma boa colocação e o mais provável é o que pai rico delas pague futuramente uma faculdade bem cara até elas se casarem com caras mais ricos que elas.

Acabei a prova e vou dormir:

Não, eu não estou brincando com uma hora e pouca, se não menos uma garota que estava na primeira fileira acabou a prova e gabaritou-a e virou a cabeça e foi dormir isso mesmo DORMIR, caralho, como ele consegue dormir em uma sala com um bando de estranhos e com a cabeça apoiada no bloco de provas é muita tranqüilidade para o meu gosto u_u

E por aqui vou acabando de expressar um pouco o tipo de pessoas que vocês podem encontrar na hora do seu vestibular, no próximo post irei dar dicas de sites entre outras coisas para as pessoas que vão fazer o vestibular, não necessariamente esse ano mais o que estão por vim.

Blog Vida Jev about my madness

Por: @carolina_wtf